Publicado em: 20 de maio de 2019

Você é uma pessoa bem organizada? Gosta de ter o controle das coisas?

Principalmente na parte financeira?

 

Se você é assim, pode ter certeza que será um ótimo(a) assistente contábil.

Mas se não for (como é o meu caso) aprender mais sobre isso pode te ajudar

a desenvolver autonomia financeira e mais controle sobre como gastar seu dinheiro.

 

Quer saber mais sobre o assunto? É só continuar lendo! Espero que você goste do texto. 😉

 

Eu fazendo contas!

 

Antes de tudo, o que é contabilidade? E pra quê serve?

 

Controle.

Se uma palavra pudesse definir a contabilidade seria controle. Contabilidade é ter controle de tudo o que é gasto e tudo o que é recebido dentro de uma empresa, ou seja, todos os seus lucros e despesas.

 

Decisão.

Com essas informações, é possível tomar decisões conscientes para a empresa. Em qualquer estratégia, primeiro você precisa saber onde está para então traçar um plano até onde quer chegar. A contabilidade te mostra claramente onde você está, financeiramente. Está sobrando dinheiro? Faltando? Quanto de faturamento precisamos alcançar todos os meses? Quanto podemos investir?

Uma empresa sem uma boa contabilidade é como um barco à deriva.

 

Necessária.

Uma outra grande vantagem da contabilidade é que ela é uma necessidade para as empresas. Não tem como fugir. Portanto, essa é uma área que traz bastante estabilidade e chances de crescimento, afinal, vão sempre precisar de você.

 

 

Tipos de Contabilidade:

Então, se você for trabalhar com isso, vai ter que começar a entender o que faz uma empresa ganhar dinheiro e o que faz ela perder. Legal, não é? Você vai começar a entender de uma das questões mais importantes do mercado: como lidar com recursos, ou seja, dinheiro.

Pra você já ter um gostinho do que seria isso, aqui vai algumas classificações que encontramos dentro da contabilidade.

 

Patrimônio Líquido:

Segundo Marion José (2004), patrimônio significa o conjunto de bens que pertencem a uma pessoa ou a uma empresa. Ou seja, se juntar todos os seus pertences, já pagos e no seu nome, esse é o seu patrimônio!

 

Bens:

Os bens são coisas que satisfazem necessidades, colocando de uma forma simples. Uma casa por exemplo, é um bem que satisfaz a necessidade de moradia de alguém. Os bens podem ser tangíveis, ou seja físicos, como uma casa, um carro, uma bicicleta.

Ou, os bens podem ser intangíveis, ou seja, que não tem forma. Por exemplo, o nome de uma empresa, uma patente de alguma ideia genial que você teve e sempre que alguém for usá-la, precisa pagar um tanto para você.

 

Direitos:

É tudo que a empresa pode receber por serviços prestados ou vendas de produtos. Por exemplo, eu posso cobrar uma mensalidade de você por um curso de qualidade. E você pode me cobrar um certo valor por me vender alguma coisa. Aluguéis, empréstimos e outras formas de pagamento também são considerados direitos de uma empresa.

 

Obrigações:

As obrigações são, ao contrário dos direitos, tudo aquilo que você precisa pagar a alguém por algum serviços prestado ou produto comprado. E em caso de atrasos, é comum juros serem cobrados, fazendo sua dívida crescer com o tempo.

 

Receitas:

Parecido com os direitos, é tudo o que a empresa recebe. As receitas são as somas de todos os seus direitos!

 

Despesas:

E as despesas são as somas de todas as suas obrigações.

 

 

O que você achou dessa área?

Começando como um Assistente Contábil, mais tarde você pode estudar contabilidade, direito, principalmente voltado para parte tributária (impostos), ou até economia!

Esse seria apenas um primeiro passo na sua carreira.

 

E caso você queira dar esse passo, pode contar com a gente e estudar para assiste contábil aqui na Qualycenter.

Para saber mais sobre esse curso, é só clicar aqui! 

 

Até a próxima!

 

Leia também: 

Como eu faço para me tornar um bom líder?  

Vendas por telefone: como fazer?

 

 

COMPARTILHE ESSE POST