Publicado em: 6 de novembro de 2019

Oie! Que bom ver você por aqui. Tudo andando bem?

 

As férias estão chegando!

E além de aproveitar, essa é uma boa hora de refletir um pouco sobre a vida e a carreira.

Aqui vão algumas dicas sobre como recomeçar o ano com todo o gás e ser mais feliz na sua profissão e estudos!

 

Eu refletindo nas minhas férias

 

Leia também: anda desmotivado no trabalho? Dicas pra te ajudar! 

 

Da onde vem essas dicas?

Vimos algumas entrevistas e também o site de Michael Melcher, um coach executivo especializado em ajudar líderes em períodos de transição de carreira. Ele estudou em Harvard e Stanford e tem uma busca por encontrar uma forma de ser feliz de maneira consistente no trabalho.

Afinal, a gente sabe que gostar do que se faz logo que entramos numa empresa, ou no seu primeiro ano de cursinho antes do vestibular, é fácil. O problema é se manter feliz com o tempo. É continuar renovando sua motivação e seu bem estar. E é sobre isso que vamos falar hoje.

 

Vamos as dicas de como ser Feliz no Trabalho (e estudos)

Por que digo que essas dicas são válidas tanto pro trabalho quanto pros estudos? Tanto em um quanto no outro, você precisa se manter focado, traçar objetivos e ter motivação pra seguir em frente. Estudar também é um tipo de trabalho, mas envolve atividades diferentes. Envolve mais leitura, fazer vestibulares, decidir qual carreira você vai querer, enfim, é cheio de atividades importantes.

Já no trabalho, o foco é manter-se competente, competitivo e bom no que você faz. Isso também requer estudos constantes e muita reflexão: onde quero chegar na minha carreira? O que estou fazendo pra isso?

Veja algumas dicas de como colocar tudo isso na prática!

 

De vez em quando, pare e reflita.

Muitas vezes ficamos soterrados na rotina. São tantas tarefas e obrigações que nos esquecemos de olhar pro todo. Pra onde estamos indo, de fato. Será que estou gostando do que estou fazendo? Onde estou errando e o que estou aprendendo?

Por isso, o mais indicado, segundo Melcher, é antes de continuar andando sem parar, dar um passo pra trás e analisar a situação. E então, continuar avançando, com mais certeza em cada passo.

Beleza, mas vou parar e pensar no que? Aqui vão alguns pontos que Melcher ressalta pra gente:

Valores: O que eu gosto de fazer? O que faz eu usar o que tem de melhor em mim?

Visão: Como eu quero crescer? O que eu quero criar para mim mesmo?

Competência: O que eu posso acrescentar? Qual o valor que tenho e como isso deve crescer com o tempo? O que eu preciso para chegar ao próximo nível?

Relacionamentos: Quem está me apoiando? Quem está no meu time? Com quem posso aprender?

 

Analise suas opções

Nos estudos:

Se você está interessado pelas áreas biológicas, medicina não é a sua única opção, por exemplo. Analise suas condições, e seja realista: eu consigo passar nesse curso? Não? Então quais são minhas outras opções? Que outros cursos posso fazer que fazem sentido com o meu gosto? Em que Universidades eu poderia estudar?

Se você gosta muito de escrever, por exemplo, existem diversas carreiras possíveis. Publicidade e propaganda, jornalismo, letras, muitas das áreas humanas se encaixam com esse gosto. Você só precisa analisar o que faz mais sentido pra você.

 

No trabalho:

No trabalho também sempre temos várias opções. Olhe só: podemos pensar em promoções dentro da empresa, ou seja, crescer ali dentro. Pra isso, a gente precisaria investir em relacionamento, conseguir conquistar e conhecer as pessoas dentro da empresa. E conquistar não quer dizer puxar o saco. Mas sim, mostrar seu trabalho e conseguir simplesmente conhecê-las, mostrar quem você é.

Outra opção, é buscarmos novas empresas. De repente, conseguir experiência e dinheiro em um local menor pra buscar uma empresa maior depois. Nesse caso, temos que investir bastante em cursos, conhecimento e na busca por melhorar nosso currículo. Mas, não podemos também fazer qualquer curso. Precisamos pensar: em que tipo de empresa quero trabalhar? Que cargo eu busco ocupar? E se preparar para isso!

 

Converse com as pessoas

Nos estudos:

Se você está em dúvida em qual curso fazer, seria bem legal falar com quem já está na faculdade ou até já saiu dela. Essas pessoas vão conseguir te mostrar um pouco das dificuldades e das partes boas dessa carreira. E isso vai facilitar muito a sua escolha.

Uma dica: ouça mais que uma pessoa. Às vezes, ouvimos alguém que tem uma opinião negativa ou positiva demais. Isso também não é bom. Por isso, é legal ouvir mais gente, comparar os discursos e tomar a sua decisão.

 

No trabalho:

O ideal é buscar ouvir pessoas com mais experiência que você. Entender o que elas fizeram pra chegar onde estão hoje e o que podem ensinar da sua trajetória pra você. E quando digo mais experientes, não necessariamente precisam ser presidentes de empresas. Mas aquelas pessoas que estão em um cargo acima de você, ou a mais tempo trabalhando na empresa que você acabou de entrar. Essa galera mais jovem pode te passar dicas valiosíssimas sobre como aquela empresa funciona.

Outra ideia é: tenha um guru. Busque algum profissional famoso para seguir nas redes sociais, ler os livros e fazer os cursos. Ache alguém que você admira e ache que possui ideias que se identificam com as suas. É sempre bom ter alguém em quem se espelhar.

O meu exemplo, pra quem trabalha com marketing digital é o Rapha Avellar. Você pode seguir ele clicando no link!

 

Mas sempre vá para a prática

Toda essa reflexão e pesquisa é essencial pra você tomar boas decisões na vida. Mas, não adianta, você só vai ter certeza das suas decisões com a prática. Você só vai saber se escolheu o curso certo na faculdade fazendo esse curso e trabalhando na área. Você só vai crescer na sua carreira no dia a dia de trabalho. E a cada dia vai se redescobrir dentro da sua profissão.

A prática é muito importante! E fica ainda mais quando aliada com a reflexão sobre o que você está fazendo.

 

Fazendo um pouco por dia

Uma vez que você tomar a sua decisão, de qual caminho ou objetivo seguir, busque como alcançar isso. E tome alguma atitude pra isso todos os dias da sua vida. Nem que seja 20 minutos pra ler um livro ou ver uma aula online. Nem que seja um fazer curso de inglês, ou manter uma rotina de estudos. Lembre-se de todo dia fazer um pouquinho pra chegar mais perto dos seus objetivos.

 

Não espere estar triste pra tomar uma atitude

Geralmente, você percebe quando alguma coisa está te incomodando. Puts, minha rotina tá muito puxada. Não estou gostando do que estou fazendo. Ou meus estudos não estão rendendo. Nesse momento, pare e volte lá pra primeira dica: reflita! O que está acontecendo? Por que estou infeliz com o que estou fazendo? Como posso melhorar? Vá conversar com as pessoas e busque por soluções.

Não espere as coisas se agravarem, esteja sempre se analisando e buscando por opções. Assim, você começa a prevenir momentos difíceis, ao invés de só esperar eles chegarem.

 

Aceite a sua trajetória

Uma coisa muito importante de se dizer, mas que quase ninguém fala pra gente é: sua vida será feita de altos e baixos e não de uma evolução constante. Não podemos nos enganar pensando que só iremos evoluir e conseguir um emprego melhor que outro. Muitas vezes, precisamos dar voltas, pegar caminhos errados para só então encontrar o certo.

Os erros e apertos fazem parte da trajetória. E são eles que permitem que os acertos e as coisas boas venham. Então, sempre que cometer um erro, sabia que isso está te preparando para algo ainda maior e melhor.

 

E por último, aqui vai um vídeo muito bom sobre felicidade e trabalho, olha só!

 

Se paramos pra analisar, o que o psicólogo Shawn Archor fala pra gente é o seguinte: se percebemos que somos felizes agora, muito provavelmente vamos conquistar mais sucesso depois. Do que se colocarmos nossa felicidade no futuro, somente quando alcançarmos o tal do sucesso.

Precisamos fazer o caminho ser divertido, interessante e feliz. Afinal, depois de uma conquista, sempre virá outra. E felicidade é algo que não podemos ficar adiando, não é mesmo?

 

Leia também: 

Já decidiu o que vai fazer no seu futuro? Veja alguns filmes que podem ajudar! 

Como eu faço pra me tornar um(a) líder?

 

 

 

COMPARTILHE ESSE POST