Publicado em: 8 de outubro de 2019

Olá! Tudo bem contigo? Espero que sim!

 

Muitas vezes, temos dificuldades de traçar metas de médio e longo prazo e colocá-las em prática, não é mesmo?

Por exemplo: pense que você quer trocar de carro no ano que vem, ou até tirar sua carteira de motorista. Ou então, quer abrir uma empresa, ou conseguir uma promoção. Como eu posso me programar pra realizar alcançar esses objetivos?

Bom, a primeira coisa que todas tem em comum é: necessitam de um planejamento financeiro. O carro e a carteira fica mais óbvio, você precisa juntar grana para isso, não é? Mas e a promoção e abrir uma empresa? Bom, você possivelmente vai precisar fazer cursos, investir em você ou em seu negócio. Isso também faz com que você precise economizar e fazer planos financeiros. 

Neste texto, vamos falar um pouquinho sobre a importância do controle financeiro e como você pode aplicar isso na sua vida! Além de disponibilizar onde você encontrar planilhas de controle financeiro para download gratuitas!

Bora pro texto!

 

Eu pensando na minha vida financeira!

 

Fluxo de Caixa: o que é?

O Fluxo de Caixa geralmente está relacionado a tudo que entrou e saiu de dinheiro de uma empresa durante o mês. Ou seja, ele é um raio-x mensal da saúde financeira de uma empresa. Claro, não dá pra julgar se uma empresa está falindo ou ficando rica somente olhando pra apenas um mês. Afinal, tem negócios que são muito sazonais, ou seja, ganham mais em diferentes épocas do ano.

Mas, é de meses que se fazem os anos. E de anos que se faz o crescimento financeiro. Então, tendo uma boa saúde financeira durante um mês, é bem provável que isso vai continuar durante o ano.

O mesmo vale pras suas contas pessoais. Seu Fluxo de Caixa é tudo que entra e sai de dinheiro durante o seu mês. Às vezes, temos imprevistos durante um mês e podemos acabar fechando no vermelho. Mas, de uma maneira geral, precisamos estar atentos a nossa saúde financeira. Estamos conseguindo fazer sobrar dinheiro? Você tem controle de onde gasta e de tudo que recebe?

 

InFlow:

É tudo que entra durante o mês. Podem ser vendas de produtos, investimentos, mensalidades fixas, o que a empresa tiver de fontes de renda.

Aqui, uma recomendação dos consultores, é que uma empresa tenha no mínimo 3 fontes de renda distintas. Ou seja, 3 lugares diferentes da onde entraria verba para o inflow da empresa.

E nós, como profissionais, também sempre precisamos estar pensando em como aumentar nossas fontes de renda. Começar a investir? Comprar imóveis? Dar aulas no fim de semana? Fazer uma faculdade pensando lá na frente?

 

Outflow:

É tudo que sai do caixa da empresa. Despesas com estrutura, funcionários, investimentos, compra de matéria prima, enfim, o que ela tiver que gastar.

O recomendável é que a empresa esteja sempre buscando maneiras inteligentes de diminuir suas despesas. Mas, preciso reforçar que é muito importante fazer isso de uma maneira inteligente. Afinal, você não pode diminuir a qualidade do seu produto pensando em economizar. Ou então, deixar de fazer investimentos e melhorar a empresa.

É preciso tentar, principalmente, não desperdiçar dinheiro. Será que a minha equipe está muito grande e todos estão sendo produtivos? Será que eu não poderia transformar em digital coisas que hoje uso papel e gasto um bom dinheiro com impressões?

 

Receita Líquida:

A diferença do seu inflow e outflow é o seu lucro líquido, ou receita líquida. É aquilo que sobra, que pode ser guardado e reinvestido na empresa mais tarde. Ou também, caso a empresa feche no vermelho nesse mês, é o que precisa ser recuperado nos próximos meses. Por isso, é sempre interessante a empresa ter uma reserva de emergência.

 

Qual a importância desse tipo de análise financeira?

 

Controle

Primeiro, você vai ter uma boa noção de como sua empresa está indo. Isso é de extrema importância. Você vai saber exatamente quanto pode gastar todos os meses, quanto ficou devendo, quanto ficou sobrando. E assim, conseguir ter uma boa mensuração dos seus resultados.

O mesmo vale pra sua vida pessoal. O simples fato de saber como a sua renda está sendo gasta, já vai mudar sua percepção sobre as coisas. Se você perceber que está gastando muito em restaurantes, pode começar a fazer mais comida em casa. Se seu carro está te dando muitas despesas, você pode ver uma maneira de vendê-lo. Mas pra isso, você primeiro saber quanto está gastando e onde está gastando.

 

E como isso me ajuda sendo funcionário de uma empresa?

Isso é de extrema importância também se você faz parte de um setor como o de vendas, por exemplo. Você sabe quanto de lucro você está dando pra empresa? Cobra do seu gestor pra saber como a equipe inteira está indo? Assim, você pode entender e mensurar a sua importância e a dos seus colegas na empresa.

E caso o local onde você trabalha não tem esse tipo de controle, é melhor você ficar esperto. Isso significa uma má gestão do negócio. Ou então, pode ser uma oportunidade para você sugerir isso e começar tomar um papel de gestor dentro da sua equipe.

 

Planos pro futuro?

Outro ponto muito importante dessa análise é conseguir ter um olhar de longo prazo. Vendo mês a mês quanto você está gastando, ou quanto está sobrando, te permite fazer melhores planos pro futuro e de quais passos você precisa dar.

Por exemplo, se os gastos estiverem altos demais, mesmo em um bom mês de venda, talvez aí seja um ponto onde você precise focar mais imediatamente.

Ou então, caso as vendas estejam diminuindo, talvez você precise parar pra pensar em novas fontes de renda.

E se você quiser se planejar para mudar de sede, então, precisa saber quanto precisa guardar todo mês pra conseguir fazer esse investimento.

 

E na nossa vida pessoal?

A gente também precisa saber quanto está sobrando, ou faltando, todos os meses. A gente também precisa se planejar se quiser fazer algum investimento, tipo comprar um carro, bicicleta, ou até ir num show no fim do mês.

Ou seja, também podemos olhar pra nossas finanças de uma maneira mais controlada e pensar nos nossos próximos passos. Será que preciso aumentar minhas fontes de renda? Será que preciso começar a focar em uma promoção? Posso fazer cursos e investir nisso? Quanto preciso economizar para investir?

Ou então, será que ando gastando muito? Com o que? Como posso diminuir e aliviar minhas contas?

 

Como manter minha administração sob controle? Planilhas Financeiras

Mas claro, não é nada fácil manter tudo isso sob controle! E como podemos fazer isso? Vou dar uma ótima dica pra vocês: Excel!

Criar planilhas que você preenche todos os meses é o melhor caminho pra manter tudo sob controle e poder olhar pra como está a sua vida financeira, ou da sua empresa.

É claro que uma planilha empresarial é muito complexa e tem muitas questões que precisam ser levadas em conta. Mas, já separamos aqui algumas planilhas prontas que tem na internet pra controlar sua vida financeira pessoal ou da sua empresa.

 

É só clicar, escolher e baixar as planilhas!

Planilhas da Mobills 

Planilha do Blog.rico

 

Bom, por hoje é isso, gente! Espero que vocês tenham gostado e lembre-se que:

Cuidar da vida financeira é um hábito: algo que você precisa alimentar e estar trabalhando dia a dia, mês a mês. É algo que precisa estar sempre na sua lista de tarefas.

É uma questão de visão: e isso só vai te dar uma visão muito melhor das suas necessidades presentes e também, dos seus objetivos e planos futuros. Vai te ajudar a se planejar e ser uma pessoa mais responsável.

Se quiser mais informações sobre Excel, ou outros dos nossos cursos, é só clicar aqui! Ah, e a gente fala sobre Fluxo de Caixa e outros desses temas no nosso curso de Desenvolvimento Pessoal e Administrativo. Dá um confere lá! Até a próxima.

 

Leia Também:

Entrevista de emprego: perguntas mais comuns e como respondê-las! 

Como otimizar o uso da sua agenda e ser mais produtivo?  

Assistente de contabilidade: o que faz? Como se tornar um?

 

COMPARTILHE ESSE POST