Publicado em: 8 de maio de 2020

Oi, gente! Tudo certinho com vocês?

 

Pra quem tá pensando em fazer ENEM e outros vestibulares nesse ano (se tudo der certo!) pode estar pensando: quais temas será que vão cair na redação?

Olha, ninguém aqui é vidente, mas, uma coisa que a gente pode fazer é pensar em quais são as maiores discussões do momento e te ajudar a ter referências para poder discutir sobre elas.

O momento atual, causado pelo Covid-19, será ainda discutido por muitos anos. Então, a gente trouxe um recorte das principais discussões que esse momento atual está causando e deixamos também diversos links e conteúdos para o aprofundamento de cada questão.

Bons estudos!

Study Studying GIF - Find & Share on GIPHY

 

Mantenha-se Informado 

Meus caros vestibulandos e vestibulandas, lembrem-se que deve ser parte do cronograma de estudo de vocês separar um tempo diário, ou semanal, para ler e acompanhar notícias, filmes do momento e as maiores discussões que estão acontecendo no Brasil e no mundo.

Então, já separa aí 1 hora do seu dia, ou 2 horas da semana, e comece a manter uma rotina de leitura e absorção de informação.  Os vestibulares querem saber se você é antenado, crítico e sabe discutir o mundo como ele é. E isso não só na redação! Mas as próprias questões das provas podem abordar temas da atualidade.

 

Tema 1: uma nova educação.

Estamos vendo um novo movimento da educação. Não que essas tendências já não existissem, apenas estão ficando mais claras agora, no momento em que vivemos. Fala-se mais sobre a educação EAD, sobre o ensino auto de data, sobre lifelong learning, sobre a personalização do ensino, a gameficação e diversas outras tendências. Fals-se também sobre cada vez mais não simplesmente passar conhecimento ao aluno mas, conseguir torná-lo crítico para formar seu próprio conhecimento no meio de tanta informação que temos disponível.

 

“O aluno deverá ser o único a decidir sobre o que vai aprender, sobre o que vai estudar, seguindo sua própria vocação.” – Isaac Asimov

 

“A educação não é só para os jovens. Isso é outro problema que temos com a educação da forma como ela é hoje. As pessoas acham que o período de educação na vida acaba. Se você tem um sistema de educação acessível por computadores, então qualquer um, de qualquer idade, pode aprender sozinho.” – Isaac Asimov

 

“Por outro lado, apesar de um certo pessimismo sobre o conservadorismo da escola e seu modelo disciplinar, muitas reformas educacionais pelo mundo vêm alertando para a necessidade de formarmos alunos ativos, investigadores e críticos, mudando gradativamente o paradigma da exposição de informações para a construção do saber.” – Miguel Thompson

 

Textos de referência: 

Isaac Asimov 100 anos: e o futuro da educação?

A crise da Ciência é uma crise de distribuição do conhecimento 

Escola do futuro: como será, tendências e perspectivas 

 

 

Tema 2: uma nova economia.

Esse também é um ponto muito afetado pela nova forma de ver o mundo. Primeiro, as empresas tiveram que passar pela adaptação dos Home Offices, das vídeo chamadas e de um novo fluxo de trabalho. Outro ponto importante, são os novos modelos de negócio que estão surgindo. Com esse mais novo boom digital, não ter uma fonte de renda digital não é mais uma opção. Isso está lançando todo mundo, só que agora com mais força e determinação, para a internet.

Sem falar que, mais do que nunca, a necessidade de inovação dentro das empresas se mostrou uma necessidade de sobrevivência, não mais um luxo de quem quer ser inovador. Ficar parado, hoje em dia, se mostrou estar pronto para ficar pra trás. Tudo muda constantemente e as empresas, o governo, os modelos econômicos precisam acompanhar as novas demandas.

 

“No entanto, o Coronavírus trouxe para o contexto dos negócios e para o contexto pessoal, a necessidade de revisitar as prioridades. O que antes em uma organização gerava resultados financeiros, persuadindo, incentivando o consumo, aumentando a produção e as vendas, hoje, não funciona mais. Hoje, faz-se necessário pensar no valor concedido as pessoas, no impacto ambiental, na geração de um impacto positivo na sociedade ou no engajamento com uma causa. Faz-se necessário olhar definitivamente com confiança para os colaboradores já que o home office deixou de ser uma alternativa para ser uma necessidade. Faz-se necessário repensar a sociedade do consumo e refletir o que é essencial.” –  

 

Textos de referência:

Covid-19: Um Reset Rumo à Abundância. 

Inovação pós-pandemia: novos modelos de negócio. 

 

Série sobre o mercado de trabalho feito pelo Meio Mensagem: tem 4 episódios, foi feito antes do Covid, mas já mostra muitas das tendências que estão acontecendo agora.

 

Matéria completa no RunRunit: Tendências de mercado: o que você precisa saber sobre o futuro do trabalho 

Tema 3: um novo normal. 

Muitas discussões estão sendo feitas sobre o novo mundo que vai surgir após a pandemia. Sobre os novos estilos de vida. As novas necessidades e formas de consumo. Sobre a nova necessidade de um cuidado com a nossa saúde mental. Sobre os novos desafios das cidades de como se organizar para futuras crises.

Tudo isso acontece porque ainda não sabemos tudo que essa crise vai mostrar e ensinar pra gente. O que muitas pessoas estão fazendo é olhar também para o passado. Entender como as outras crises influenciaram a sociedade e, assim, ler melhor o presente. Mas, é claro, nada é exatamente igual. Mas, ao mesmo tempo, nada é exatamente inédito. Então, o que podemos pensar a respeito desse novo momento?

 

“Outra lição obtida no pós-normal é que os cidadãos não são meros coadjuvantes. Enquanto grande parte dos fracassos ocorreram diante de decisões governamentais desastradas, exemplos de sucesso emergiram da comunidade. Redes de apoio foram criadas, movimentos solidários se espalharam pelo mundo.”

 

“Precisamos ter tempo para pensar e mudar. Refletir sobre um mundo todo construído no período pós-Segunda Guerra Mundial. O que faremos com instituições como OMS, ONU, OMC, FMI, Banco Mundial, Basiléia? O que faremos com o cateto da hipotenusa e com a fórmula de Baskara que ensinamos na educação tradicional?” – Gil Giardelli

 

Textos de referência:

Cidades e Lugares no Mundo Pós-Normal.

Nem toda crise é um ponto de inflexão na história, mas toda crise pode ser um recomeço.

Tempos pós-normais é o novo normal – Gil Giardelli.

 

 

Resumindo, bora nos manter atentos! E treinando!

É, minha gente, estamos passando por uma nova fase no mundo e isso provavelmente será muito cobrado e discutido. Portanto, como foi dito lá no comecinho do texto, o mais importante é manter uma rotina de leitura e de informação.

Mas olha, não fique apenas lendo e absorvendo informações, não. Isso até pode causar certa ansiedade. Leia, mas também escreva sobre o assunto. Mostre a sua opinião, seus pensamentos sobre as questões e não deixe de treinar a sua redação. Isso vai ser bom tanto para o seu psicológico, colocando para fora essa maré de informações e pensamentos que estamos tendo hoje em dia. E vai ajudar muito a te manter aquecido e bom na redação! Sem falar que: imagine se algum desses temas que você está escrevendo em casa cai mesmo no vestibular? Seria demais, né?!

Espero que a gente tenha te ajudado! Continuamos sempre por aí!

 

Leia também:

Diferença entre tema, título e tese. 

Como fazer um plano de ação? 

Técnicas de argumentação para redação.

COMPARTILHE ESSE POST